FOTOS VITTALISA

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O VERÃO 2010 ESTÁ AI, ENTENDA OS TIPOS DE PELE - PELE ORIENTAL



Pele oriental
Também tem uma maior quantidade de melanina do que a pele branca, mas tende a ser mista em relação à oleosidade
MELANOSES SOLARES
O problema: Como a pele oriental produz melanina com muita facilidade, tem predisposição a manchas provocadas pelo sol. Geralmente, são de cor acastanhada e arredondadas, de tamanhos diversos. Seus limites são precisos e aparecem em maior quantidade nas áreas expostas ao sol, como rosto, antebraços e mãos.
Prevenção: As manchas são causadas pela exposição solar acumulada durante toda a vida, normalmente após os 45 anos de idade. A única maneira de evitá-las é se protegendo adequadamente, com auxílio de fotoprotetores, com FPS 15 no mínimo, diariamente, além de bonés, chapéus e óculos de sol, e evitando a exposição entre 10 e 16 horas.
Tratamento: É feito com luz intensa pulsada. Segundo a dermatologista Carla Albuquerque, membro da SBD, o aparelho Starlux costuma proporcionar resultados muito bons.
HIPERPIGMENTAÇÕES PÓS-INFLAMATÓRIAS
O problema: São manchas amarronzadas que surgem após algum processo inflamatório na pele, como, por exemplo, a acne ou picadas de inseto, entre outros traumas.
Prevenção: O problema é desencadeado basicamente pela combinação da inflamação mais a exposição solar, portanto, deve-se evitar o sol e utilizar o fotoprotetor, com FPS 15 no mínimo, diariamente. O hábito de cutucar a pele também pode contribuir para piorar o problema.
Tratamento: Marque uma consulta com o dermatologista, pois o profissional avaliará cada caso isoladamente. Entre as terapias disponíveis estão fórmulas clareadoras, peelings químicos seriados ou laser.
POROS DILATADOS
O problema: A pele produz grande quantidade de sebo e queratina, o que dificulta a saída de óleo pelos poros, provocando seu dilatamento.
Prevenção: A única maneira de prevenir é não deixando o problema piorar, fazendo a correta higienização da pele e utilizando os produtos indicados pelo dermatologista para o tipo específico de cada pele.
Tratamento: Utiliza-se um tipo de peeling chamado Cross, feito com uma microcânula que deposita uma pasta de ácido tricloroacético (ATA) dentro de cada poro, estimulando a produção de colágeno e fechando-o.






sexta-feira, 13 de novembro de 2009

O VERÃO 2010 ESTÁ AI, ENTENDA OS TIPOS DE PELE - PELE NEGRA



Pele negra
Possui maior quantidade de melanina do que a pele branca, e tende a ser mais oleosa no rosto e seca no corpo
ESBRANQUIÇAMENTO
O problema: Às vezes, a pele negra pode perder a luminosidade e o brilho, efeito causado por desidratação (falta de líquidos no corpo), ou até mesmo falta de filtro solar, que provoca o ressecamento.
Prevenção: É importante beber bastante água (pelo menos dois litros diários) e manter a pele bem hidratada, além de utilizar o fundamental filtro solar, com FPS 15 no mínimo, diariamente.
Tratamento: Procure o dermatologista e peça ao médico um bom hidratante formulado à base de uréia e lactato de amônia, por exemplo. Esses ingredientes podem ajudar a pele a reter água e se manter hidratada.
PELOS ENCRAVADOS (FOLICULITE)
O problema: Tanto na pele morena quanto na negra, os folículos pilosos (locais onde estão os pelos) podem ser curvos, ou seja, quando os pelos crescem não conseguem sair totalmente, criando uma reação inflamatória conhecida por foliculite. O quadro pode evoluir com inflamação e infecção local, além de manchas escuras, principalmente se a pessoa tentar espremer ou cutucar o pelo encravado.
Prevenção: A única forma efetiva de se evitar a foliculite é com depilação a laser, que elimina os pelos definitivamente.
Tratamento: Pode ser tratada com géis de peróxido de benzoíla, antibióticos tópicos ou orais, dependendo da gravidade do caso, e depilação a laser.





QUELOIDES
O problema: Na pele negra, a atividade dos fibroblastos (células responsáveis pela cicatrização) é maior, então, há uma facilidade na formação de cicatrizes exuberantes ou elevadas, muitas vezes avermelhadas, escuras ou rosadas e, às vezes, brilhantes. Geralmente, surgem durante o processo de cicatrização cirúrgica, mas podem aparecer a partir de um trauma como um machucado ou de uma espinha inflamada.
Prevenção: Não existe como prevenir queloides, já que se trata de uma característica da pele. Para impedir o aparecimento, é preciso evitar todo tipo de trauma ou corte na pele, como machucados e cirurgias.
Tratamento: Assim como as cicatrizes exuberantes, pode ser tratado com géis ou placas de silicone, infiltração intralesional de corticoides, cirurgia, laser e betaterapia.



sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O VERÃO 2010 ESTÁ AI, ENTENDA OS TIPOS DE PELE - PELE BRANCA




Pele branca
Tende a ser normal, nem seca, nem oleosa. Contém pouca melanina, substância responsável pela proteção da pele
FOTOENVELHECIMENTO
O problema: Por conter menor quantidade de melanina, está menos protegida contra as radiações ultravioletas A e B. Consequentemente, esse tipo de pele fica mais propensa à aceleração do envelhecimento, desencadeado pela exposição ao sol.
Prevenção: A recomendação é usar fotoprotetor com FPS 15 no mínimo, diariamente. Produtos com ingredientes anti-aging (indicados na própria embalagem) garantem ainda uma proteção contra o envelhecimento precoce causado pelo sol. O uso de bonés, chapéus, óculos solares e guarda-sol é desejável. E evite a exposição solar entre as 10 e 16 horas, mesmo com filtro solar.
Tratamento: É feito a partir de procedimentos estéticos como peelings, laser, toxina botulínica e preenchimentos.
CÂNCER DE PELE
O problema: Surge devido ao efeito cumulativo da exposição solar sem proteção adequada. Existem diversos tipos de câncer de pele, sendo os mais comuns: carcinomas basocelulares (CBC); carcinomas espinocelulares (CEC); e melanoma cutâneo, o mais perigoso deles. As lesões podem se manifestar de diversas formas, desde feridas que não cicatrizam até manchas ou pintas escuras com bordas irregulares e assimétricas.
Prevenção: É importante utilizar fotoprotetor solar com FPS 15 no mínimo, diariamente, além de evitar hábitos como o tabagismo.
Tratamento: É feito por meio de cirurgia que remove a lesão. No caso do melanoma, podem ser necessários tratamentos adicionais, como a realização do linfonodo sentinela, técnica pouco invasiva feita nos casos em que não há evidência metástase.
ROSÁCEA
O problema: Doença crônica, de causa desconhecida. Caracteriza-se pelo aparecimento de eritema (vermelhidão) persistente ou recorrente, telangiectasias (vasinhos dilatados na superfície da pele) e inflamações, representadas por pápulas (bolinhas vermelhas), pústulas (bolas vermelhas com pus) e edema (inchaço).
Prevenção: A única maneira de evitar a piora dos sintomas é afastar todos os desencadeantes da doença, como bebidas alcoólicas, exposição solar, vento e ingestão de alimentos quentes.
Tratamento: O problema tem controle, mas não cura. Geralmente são utilizados antibióticos em gel ou creme, ácido azeláico, isotretinoína oral (Roacutan®) ou terapia com laser
Fotoenvelhecimento






Durante a vida, a pele sofre dois tipos de envelhecimento. O que acontece naturalmente com o passar dos anos, chamado intrínseco, e o causado por fatores ambientais, conhecido como extrínseco
A radiação solar é a grande responsável por esse último, pois seus os raios ultravioleta UVB, que atingem a epiderme, e UVA, que provocam danos à derme, causam problemas irreversíveis à pele, podendo provocar até mesmo câncer.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Porque é tão importante manter a coluna alinhada?




Nossa coluna vertebral é formada por uma série de vértebras empilhadas.
Entre cada vértebra situa-se um disco fibrocartilaginoso chamado disco intervertebral. A função deste disco é absorver impactos.
A melhor posição para este disco receber e distribuir qualquer impacto ou sobrecarga, é quando a coluna está em seu alinhamento longitudinal.

É preciso lembrar que a parte posterior das vértebras quando empilhadas formam um canal denominado canal vertebral por onde passa, nada menos, que nossa medula espinhal, ou seja, toda a fiação elétrica que conduz todos os estímulos do cérebro para o corpo e vice-versa.
Cada vento que sentimos no rosto, cada pequeno gesto que executamos só acontece por esse canal de comunicação nervosa.
Quando flexionamos a coluna anteriormente o disco é “pinçado” na frente e “alongado” atrás como mostra a figura à direita.
Além dos discos, ligamentos e músculos, profundos e superficiais, fixos na parte de trás vértebras, também são tracionados inclusive para limitar essa flexão.Ou seja, cair com o tronco em flexão para frente NÃO ALONGA, TENSIONA!
Quando mantemos uma posição de flexão por tempo demasiado, por exemplo sentados em sofás macios, ou mal sentados em cadeiras de trabalho, ou ainda quando praticamos exercícios com flexões de grande amplitude na intenção de alongar, colocamos nossa coluna em risco.
Os ligamentos intervertebrais posteriores não são tão potentes para freiar estas inclinações. Será necessária uma ativação efetiva da musculatura que, por sua vez, após um tempo poderá entrar em fadiga gerando dores difusas, a lombalgia.

Os ligamentos, por sua vez, podem estirar-se inflamando. Um pequeno aumento de seu volume já é suficiente para pinçar a região dos nervos causando dores como a famosa ciática.
Além dessas estruturas, o próprio núcleo do disco pode ser projetado para trás, como acontece com a maionese do hambúrguer quando damos uma dentada de um dos lados.
Neste caso, o extravasamento do material discal chama hérnia de disco e acarreta DOR.
Por isso é tão importante nos sentarmos bem procurando nossos ísquios (sitz bones – ossos de sentar), carregarmos peso o mais próximo possível da coluna procurando mantê-la neutra e evitarmos flexioná-la quando não há necessidade. Isso inclui exercícios com flexão excessiva da coluna.
Lembrem-se quando queremos alongar, por exemplo, a musculatura posterior das pernas, não é necessária a flexão da coluna.
E alongar a musculatura do tronco é mais saudável em situações de descarga, ou seja, sem sobrecarga.

Fonte: Anatomia Para o Movimento, Calais-Germain Blandine; Desplegandose, Egstenberg, Elfriede

Enviado pela Dra. Fernanda de Oliveira Leite (professora de pilates da Vittalisa); 

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Vem chegando o Verão - Atenção ao seu tipo de pele




Saiba como prevenir e tratar os problemas dermatológicos que mais acometem pessoas morenas, negras, orientais e brancas.




Manchas vermelhas, pelos encravados, acne. São muitas as manifestações que acometem os diversos tipos de pele. Embora poucas pessoas tratem ou previnam esses incômodos tão comuns, cuidar deles é mais fácil do que parece. Você sabia que conhecer a composição do seu tipo de pele pode ajudar - e muito - na hora de acabar para sempre com esses problemas? E, de quebra, você ainda "ganha" um revestimento mais jovem e bem cuidado.

Morenos, negros, brancos e orientais, cada um deles está mais suscetível a determinadas doenças dermatológicas e devem tomar cuidados específicos. A dermatologista Luciana Lourenço, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explica que a diferença não é tão importante em relação aos tons de pele, mas sim às etnias: branca, amarela e negra. "Normalmente, essas particularidades estão relacionadas a duas partes importantes da composição da pele: a capacidade de produzir melanina e a quantidade de sebo gerada por cada tipo", explica a médica. São esses dois fatores que determinarão a proteção da pele e a sua predisposição a alguns problemas. Em linhas gerais, é possível dividir a pele do brasileiro em quatro tipos, incluindo a morena, que tem características tanto da negra como da branca.


Confira nas próximas semanas os posts do manual que desenvolvemos com a ajuda de um time de dermatologistas e conheça os problemas mais comuns, além de cuidados de prevenção e tratamento específico para cada tipo de pele.

Enviado pela Dra. Gleisa de Fátima Santiago dos Santos (Estética Vittalisa); 



FONTE: SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA (SBD)
 





terça-feira, 27 de outubro de 2009

10 coisas que você precisa saber sobre Pilates



1. Pilates são exercícios de alongamento que reeducam os movimentos do corpo, aumentam a flexibilidade, a força muscular, corrigem a postura e trabalham bastante com a respiração;
2. Foi na Inglaterra, durante a Segunda Guerra Mundial, que o enfermeiro alemão Joseph Pilates desenvolveu diversas técnicas de recuperação com os seus pacientes. Estas mesmas técnicas foram o ponto de partida nos estudos de Joseph e resultaram no Pilates que é conhecido hoje em dia;
3. O Pilates, quando combinado com outra atividade física (como caminhada ou bicicleta), pode lhe garantir um corpo bonito e saudável (sarado!);
4. Os exercícios de Pilates podem ser feitos com o auxílio de: overball, bola suíça, elástico, rolo e aparelhos;
5. A aula de Pilates é bem dinâmica. São diversos exercícios, por isso as aulas nunca são repetidas. Isso é um ponto crucial para o aluno que evita atividades que possuem uma rotina definida.
6. Gestantes também podem fazer Pilates! São aulas feitas especialmente para elas, com exercícios com menos impacto e um grande trabalho para corrigir a postura que pode ser prejudicada durante período da gravidez;
7. Pessoas de todas as idades podem praticar Pilates, desde que cada um respeite sempre o limite do seu corpo;
8. Certifique-se que você está fazendo Pilates com um profissional da área de fisioterapia ou educação física;
9. Existem diversas revistas, DVD’s e livros ensinando exercícios de Pilates. Porém, quando você pratica os exercícios com o auxílio de um profissional, ele irá orientá-lo e revelará se seus movimentos estão certos ou errados, evitando assim futuras lesões.
10. Se você é de Mogi das Cruzes pode conhecer estes e todos os outros benefícios do Pilates na Vittalisa que conta com os melhores profissionais e o melhor preço da região. Faça uma aula experimental e deixe o Pilates fazer sua cabeça!

Enviado por Évelin Karen

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Equilíbrio total na Vittalisa






Depois de muitos tombos e tentativas Heloisa, Carol e Mariana conseguem ficar de pé na bola de pilates. Um exercício de extremo equilíbrio e concentração;



Quem será o próximo?




segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Flacidez nos braços pode ser combatida com a prática de pilates


 Depois que a modelo Luiza Brunet, de 47 anos, revelou que para manter firme seu poderoso “tchauzinho” ela se dedica, há alguns anos, ao pilates, agora é a vez da atriz Desirée de Oliveira, do programa “Zorra Total”, da TV Globo, arregaçar as mangas e mostrar que a técnica já traz benefícios aos braços com apenas três meses de prática.

“Estou adorando as vantagens do pilates para manter a forma. Quero que meu adeusinho fique lindo, porque vou me casar no ano que vem, e terei que acenar muito”, conta Desirée, de 29 anos.

Há três meses, a atriz está fortalecendo a musculatura do braço na Clínica de Pilates Physio Center, na Barra da Tijuca. Seu treinamento, orientado pela professora de educação física e fisioterapeuta Fernanda Garcia, é focado em três exercícios diferentes para tríceps e em outros dois para bíceps, com dez repetições cada um:

“Fazemos um trabalho de treinamento desportivo associado ao pilates. As pessoas pensam que o método é apenas algo para alongar, mas não. Durante a prática, os músculos devem ser fortes e flexíveis. Isso aumenta a rigidez”, explica Fernanda.

A professora explica que a técnica se baseia na aplicação correta da força, na tonificação dos músculos e no alongamento. Os exercícios são trabalhados de dentro para fora do corpo, levando em conta a respiração suave. Os movimentos são constantes, mas realizados sem pressa e com muito controle para evitar o estresse.

“É importante revezar os movimentos para trabalhar o corpo de forma integrada. Mas, no caso do braço, um bom aparelho é o Cadillac, que tem molas que ajudam a pressionar e gerar uma força maior na região”, acrescenta Fernanda.

Antes de fazer pilates, Desirée praticava corridas matinais, mas se sentia agitada demais: “O pilates me fez prestar atenção na respiração enquanto faço o exercício”, conta.

fonte: http://extra.globo.com/saude/bemviver/posts/2009/10/18/flacidez-nos-bracos-pode-ser-combatida-com-pratica-de-pilates-232802.asp

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

ONDE QUER QUE VOCÊ VÁ, LÁ ESTÁ UM FISIOTERAPEUTA PARA AJUDÁ-LO





Na Família:

    * Ajusta o mobiliário doméstico, bem como iluminação e ventilação, de forma a evitar as quedas e lesões.
    * Orienta sobre a melhor postura no leito e tipo de cama, colchão e travesseiro para ter um sono de qualidade
    * Realiza exercícios específicos que evitam retrações, fraquezas musculares, pressão alta, problemas cardíacos, derrames cerebrais, diabetes etc.
    * Ensina a forma correta de fazer as atividades diárias, como lavar e passar roupa, varrer, cozinhar, evitando dores e lesões.
    * Continua o tratamento de pacientes que deixaram o hospital, evitando reincidência.
    * Orienta gestantes, crianças e idosos sobre exercícios, alongamento e relaxamento, prevenindo lesões, disfunções e estresse.

Na Escola:

    * Ajusta as carteiras e acessórios para que fiquem adequados aos alunos.
    * Ensina a criança a ter consciência corporal e orienta sobre a melhor forma de sentar, evitando doenças corporais.
    * Mostra a forma correta de arrumar e carregar a mochila, não permitindo excesso de peso, que causa alteração postural.
    * Implanta programas de qualidade da vida funcional.
    * Trata as disfunções motoras, reintegrando os alunos em sala de aula.
    * Otimiza o espaço escolar para o desenvolvimento físico e de saúde do aluno e de sua família.
    * Acompanha o desenvolvimento neuropsicomotor da criança, observando e tratando qualquer alteração motora.

No Trabalho:

    * Ajusta o mobiliário, ferramentas e maquinários ás características físicas dos empregados
    * Realiza avaliações funcionais, para que os exercícios sejam prescritos para cada caso individualmente.
    * Prescreve e treina os trabalhadores a realizarem cinesiologia laboral e programas de qualidade de vida.
    * Implementa tratamento no local de trabalho.
    * Treina e reintegra trabalhadores em suas funções.
    * Desenvolve tecnologia específica para adaptações de locais aos trabalhadores com necessidades especiais.

Em Clínicas e Hospitais:

    * Trata pacientes nas clínicas, pronto-socorros, enfermarias e UTIs, diminuindo o tempo de internação, a ingestão de medicamentos e prevenindo deformidades.
    * Orienta o paciente e sua família antes da alta hospitalar para minimizar danos desencadeados pela doença e evitar reincidência.
    * Ressocializa e reintegra o paciente à comunidade.

Orientações sobre a Saúde no Trânsito:

    * Ajuste o banco deixando as pernas confortáveis. Banco muito longe ou perto dos pedais sobrecarrega a coluna e as pernas.
    * Ajuste o encosto do banco em uma posição neutra deixando a coluna sempre apoiada nele.
    * Ajuste o apoio de cabeça, deixando-a repousar no mesmo, evitando as lesões no pescoço durante as paradas e mudanças de direção abruptas.
    * Ajuste a direção mantendo os ombros e braços relaxados.
    * Evite pedais altos e duros e mantenha os calcanhares apoiados no piso.
    * Nunca coloque qualquer material entre o corpo e o banco, sem prescrição de um profissional.
    * Evite usar roupas e sapatos escorregadios. Em superfícies lisas ou instáveis, contraímos desnecessariamente a musculatura.
    * Pare a cada duas horas para alongar pernas, braços, coluna e pescoço. Isso irá melhorar seu nível de atenção.
    * Tensão não combina com direção. Procure manter a musculatura do corpo o mais relaxada possível.



(Elaborado por Prof. Dr. Gil Lúcio Almeida e Prof. Dr. Augusto Cesinando de Carvalho – Crefito/SP)




Enviado pela Dra. Fernanda de Oliveira Leite (professora de pilates da Vittalisa);

CRAVOS?





A gente responde suas dúvidas

A adolescência ficou para trás, mas o seu rosto insiste em apresentar pontinhos pretos.Culpa do excesso de oleosidade da pele,que pode atrapalhar mulheres de todas as idades.As dermatologistas ÁUREA LOPES e MÔNICA CARVALHO, ambas de São Paulo,explicam como ficar livre desse problema.

* Porque o cravo se forma?
Ele nada mais é do que um acúmulo de sebo que foi formado pela glândula sebácea e ficou retido dentro do póro .Existem dois tipos: o aberto, que tem a pontinha preta, e o fechado, com um tom esbranquiçado, que fica dentro de uma espécie de cápsula.

*Os pontos pretos têm a ver com sujeira?
Não.A ponta do sebo retido dentro do poro ganha essa tonalidade porque escurece em contato com a luz.O cravo não é conseqüência de falta de limpeza,mas do excesso de óleo na pele.A confusão pode ser feita porque a oleosidade, geralmente,é controlada com sabonetes e loções adstringentes.

*O cravo aparece mais no verão?
Nessa época, com o calor, há um aumento da produção de oleosidade.Isso se reflete no rosto, principalmente na zona T- testa,nariz e queixo-, áreas mais suscetíveis à ação das glândulas sebáceas.

*Quem tem muito cravo  vai também ter espinhas?
Não necessariamente.Mas toda espinha é, sim, uma evolução do cravo, que, por algum motivo, infeccionou.Quando você espreme um ponto preto,por exemplo,leva bactérias ao poro e ele inflama,formando a pústula (aquela pontinha amarelada) e deixando a lesão avermelhada e dolorida. Mas dá para evitar o processo usando produtos corretos e não cutucando o rosto.

*Que tipo de cosmético devo usar?
Para evitar a formação dos cravos, é importante optar por produtos que controlem a oleosidade- eles vão agir direto na causa do problema.Procure por sabonetes,esfoliantes (recomendado apenas duas vezes por semana) e loções adstringentes à base de ácido salicílico,ácido glicólico,peróxido de benzoíla,entre outros ativos.Peles oleosas também precisam de hidratação.Em vez de creme,escolha loção,gel ou creme-gel,que garantem um toque seco.Há ainda os produtos que prometem controlar o brilho da pele,pois absorvem o excesso de oleosidade.Leia no rótulo.

*Limpeza de pele funciona?
Sim, e muito.É a forma mais indicada para extrair os cravos já existentes.Graças ao uso do vapor,a esteticista amolece a queratina dentro dos poros e removê-a com facilidade.Ela também segue uma série de cuidados com a higiene,o que diminui o risco de contaminação.Existe a limpeza de pele manual e a por sucção – um aparelho “suga” o cravo por meio de vácuo.Grande parte dos dermatologistas indica a manual, por ser mais eficiente.

BOA FORMA- DEZEMBRO DE 2008
ANO 22 / EDIÇÃO 260

Enviado pela Dra. Gleisa de Fátima Santiago dos Santos (Estética Vittalisa);

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Debora Secco fala sobre trinta anos em entrevista




Em uma entrevista para a revista Boa Forma, Debora Secco disse que está ansiosa para a chegada dos 30 anos. A atriz contou que está feliz em alcançar a marca.
"Acho que sempre quis ter essa idade. É o melhor momento da mulher. A beleza se junta à maturidade", disse.
Apesar de feliz pelo aniversário próximo, Secco sabe que agora terá que ser mais rígida para ficar em forma. Ela começou com a prática do pilates. "É o exercício da minha vida", contou. A alimentação também deve ser mais firme. "O metabolismo não vai ser o mesmo", completou.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Luiza Brunet exibe boa forma na orla de Ipanema




Aos 47 anos, a ex-modelo Luiza Brunet continua em ótima forma. Nesta terça, 6, a empresário foi fotografada enquanto caminhava na praia de Ipanema. Normalmente, Luiza apenas anda no calçadão, mas desta vez ela resolveu colocar um biquíni e aproveitar para cair no mar.

Ícone de beleza nos anos 80, a empresária mantém um corpo de dar inveja à muita garotinha com caminhada intensa e pilates. Mãe de dois filhos, Luiza foi capa da revista “Boa Forma” de setembro e contou que hoje tem os "braços dos sonhos".

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Giovanna Antonelli conta segredos de beleza




Giovanna Antonelli, que entrará em "Viver a vida", posa para a capa da revista "Shape". Aos 33 anos, a atriz conta que seu corpo está muito melhor do que há dez anos.  O segredo? Pilates.
- O pilates fez bem para o meu corpo e para a minha saúde -  diz Giovanna, que ainda pratica uma série de exercícios diversificados diariamente, além de 40 minutos de transport (aparelho que simula os movimentos do esqui na neve)


Outro segredo de beleza, para ela, é a maternidade.
- Meu filho é minha razão de existir - diz Giovanna, referindo-se a Pietro, fruto de seu casamento com Murilo Benício.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Filtro Solar





REAPLIQUE O FILTRO SOLAR

Quem usa hidratante anti-idade à base de ácidos ou está se submetendo a algum tratamento estético, como peeling ou laser, já sabe: deve redobrar os cuidados com o sol. E não basta passar o protetor solar apenas pela manhã, antes de sair de casa. Reaplicar o produto é fundamental para evitar manchas e prevenir os danos causados pelos raios UVA e UVB. Siga o nosso checklist para ficar sempre protegida no dia a dia, seja no trabalho ou durante a atividade física ao ar livre.


NO TRABALHO

* Passe filtro solar sempre que sair para o almoço a pé ou se precisar dar um pulinho ao banco.
* Escovou os dentes e exugou a boca? O filtro, principalmente na área do buço, pode ter saído na operação-limpeza...
* Quem fica muito tempo na frente do computador ou debaixo de luz fluorescente tem de repetir a dose do creme a cada 3 horas. Esse tipo de iluminação provoca manchas.

NA CAMINHADA OU NA CORRIDA AO AR LIVRE

* Para se exercitar no parque, na praça ou no calçadão, precisa, sim, usar protetor solar.
* Malhação terminada, hora de reaplicar o cosmético, principalmente se é do tipo que transpira muito.
* Você matou a sede e , de quebra, jogou uma água no rosto para refrescar. Vai ficar mais um pouco sob o sol? Já sabe o mantra: tem reaplicar o filtro solar.

FONTE: REVISTA BOA FORMA/ SETEMBRO 2009 por Debora Lublinski

 Enviado pela Dra. Gleisa de Fátima Santiago dos Santos (Estética Vittalisa);

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Corrida Perigosa



A baixa umidade e a inversão térmica típicas do inverno, que dificultam a dispersão dos poluentes, são um problema e tanto para quem pratica atividades ao ar livre, sobretudo em áreas de tráfego intenso. Durante os exercícios, a quantidade de ar inalada é até vinte vezes maior que em repouso, o aumento no volume de gases nocivos aspirados nesta época do ano pode causar a contração dos brônquios, o que diminui a capacidade respiratória. Segundo o pneumologista Ubiratan de Paula Santos, do Incor, meia hora de atividades em regiões com grande concentração de monóxido de carbono, gás tóxico emitido pelos escapamentos dos carros, equivale a fumar dez cigarros. “Alguém com problema cardiovascular está arriscado a sofrer uma arritmia cardíaca e até morte súbita.”
Os poluentes também comprometem o rendimento. Foi o que mostrou uma pesquisa com 25 bombeiros saudáveis, não fumantes, que praticavam atividades regularmente, em um teste físico aplicado nos municípios de Bertioga e Cubatão. Verificou-se uma freqüência cardíaca mais elevada e um aumento maior da pressão arterial após a prova realizada em Cubatão, cidade com altos níveis de contaminação do ar, em comparação com o registrado em Bertioga. Para a analista financeira Meira Mombeli, que costuma correr no canteiro central de uma avenida da Zona Leste. O ar fica um pouco melhor pela manhã, quando há menos carros na via. “Mas, mesmo que eu tenha de me exercitar no fim da tarde, acho mais interessante do que ir para a academia”, conta.
Em áreas verdes, a situação não é animadora. Um estudo da engenheira florestal Ana Paula Garcia Martins, doutoranda do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da Universidade de São Paulo, mostrou que cascas de árvores situadas nas bordas dos parques Ibirapuera, Aclimação, Luz, Previdência e Trianon apresentam três vezes mais concentração de ferro, zinco, enxofre e cobre que as da vegetação localizada no centro dos mesmos lugares. “Como as pistas de corrida normalmente ficam próximas ás áreas externas, as pessoas acabam respirando ar contaminado como quem está do lado de fora”, diz Ana Paula. É importante frisar que ninguém precisa deixar de fazer exercícios em ruas e parques por causas desses problemas. “A 150 metros de grandes avenidas, o ar já apresenta uma melhora considerável”, afirma o médico Paulo Saldiva, coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da USP.

Fonte: (Simone Costa, Veja São Paulo, 01.07.2009. Adaptado)

Enviado pela Dra. Fernanda de Oliveira Leite (professora de pilates da Vittalisa);

Andropausa

fonte : http://www.flexuspilates.blogspot.com/




A ANDROPAUSA OU CLIMATÉRIO VIRIL são termos usados para designar um quadro clínico de diminuição do hormônio masculino testosterona, que ocorre em uma parcela significativa de homens acima de 60 anos ou mesmo um pouco antes, a partir dos 50 anos. Determinados hábitos de vida e o stress psicogênico são alguns dos fatores contribuintes para esta ocorrência mais precoce.
O hormônio masculino testosterona é produzido por células nos testículos, que são estimulados por hormônios produzidos pela hipófise. Na adolescência, é responsável pelas características sexuais, como desenvolvimento do pênis, aumento dos pelos, mudança de voz e aumento da massa muscular. O testículo é responsável por 90% da produção de testosterona. Entre os fatores que podem determinar a andropausa está a falência e atrofiamento do testículo, que pode ocorrer em qualquer idade e causar a queda na produção do hormônio masculino. A diminuição da testosterona pode ser determinada também quando a hipófise para de exercer sua função de estimular os testículos.
A andropausa não é um processo isolado, mas parte de outro mais amplo que é a senescência, a qual ocorre a partir de várias idades e por uma série de fatores variados, dos quais o mais importante é a hereditariedade. Na senescência ocorre uma série de alterações nos níveis circulantes de hormônios, neurotransmissores, vitaminas e diversas outras substâncias, sendo que algumas destas alterações bioquímicas colaboram para o declínio da função androgênica do homem idoso.
A base fisiológica que fundamenta a variação individual nos níveis de testosterona observada em qualquer idade não está ainda bem elucidada. Além do próprio processo de envelhecimento, existem fatores fisiológicos e outros relacionados ao estilo de vida (alimentação, atividade física, sexualidade etc.) que influenciam a variabilidade destes níveis, e que devem ser considerados na avaliação do homem idoso. A hereditariedade é um deles.
Quanto aos fatores relacionados ao estilo de vida, uma dieta vegetariana e rica em fibras parece estar associada a níveis mais elevados de testosterona do que uma dieta a base de carnes com altos conteúdos lipídicos.
O tabagismo parece favorecer os níveis de testosterona em cerca de 5% a 10% em relação a não-fumantes jovens ou idosos. No entanto, análises de multirregressão variada indicam que fumar mais de 10 cigarros por dia leva a uma andropausa mais precoce, trazendo o início da mesma para menos de 50 anos.
O abuso de drogas e de álcool também pode acentuar o decréscimo de testosterona próprio da idade. O estresse, tanto físico quanto psíquico, é um potente redutor androgênico. Também há indícios de que o estresse psicogênico e a depressão em homens não idosos possam contribuir para um quadro de andropausa cada vez mais precoce.
Mesmo que a senescência reduza os níveis de testosterona, doenças intercorrentes nesta fase podem acentuar o declínio da produção do hormônio. O infarto agudo de miocárdio e as cirurgias causam declínios transitórios, ainda que intensos da testosterona livre. Já doenças crônicas induzem reduções mais prolongadas. Homens idosos com diabete tipo 2 têm níveis reduzidos de testosterona. A insuficiência renal crônica, a síndrome de apnéia noturna e algumas patologias endócrinas também podem intensificar o quadro de hipoandrogenismo no homem idoso.
Sintomas da andropausa:
• Diminuição da massa muscular
• Aumento do peso, sobretudo, aumento da gordura abdominal (principalemente visceral)
• Tendência à anemia e osteoporose
• Diminuição do interesse sexual
• Queda dos pêlos sexuais
• Dificuldade de ereção
• Maior sonolência
• Dificuldade de concentração
• Problemas de memória e dificuldade de concentração
• Apatia e depressão
Para verificar o possível quadro de andropausa, devem ser feitos testes de sangue, que medem o índice de testosterona livre e total e o nível de prolactina, que, se elevado, reduz a testosterona.
Os testes de ereção devem ser feitos por um urologista e deve ser medida a densidade óssea (densitometria óssea). Os homens com idade acima dos 40 anos devem realizar a medição de testosterona regularmente, principalmente se apresentar diminuição do interesse sexual e dificuldade de ereção associados ou não aos demais sintomas.
A estimulação da secreção hormonal pelo próprio corpo e a reposição hormonal é fundamental para que os homens com andropausa possam levar uma vida normal. O paciente então pode se beneficiar com o aumento da massa muscular, diminuição da proporção de gordura e combate a anemia e osteoporose, aumento do libido. Porém, se houver exagero no uso, pode haver crescimento das mamas, aumento do numero de glóbulos vermelhos no sangue, retenção de agua e sais minerais, aceleração do crescimento de tumores na próstata (pacientes que fazem reposição devem fazer uma avaliação da próstata a cada 6 meses). O uso na forma de reposição não induz a formação do tumor e sim apenas estimula seu crescimento. Por isso a necessidade dos exames periódicos para fazer diagnóstico precoce.
É importante ressaltar que as mudança dos hábitos alimentares, com a supressão dos açúcares, o equilíbrio entre os lipídios ingeridos, a perda de peso, exercícios físicos regulares e o monitoramento dos índices hormonais são a chave para o restabelecimento de um padrão de vida.
A isso, o PILATES se insere como um excelente aliado para trazer benefícios e auxiliar o equilíbrio na produção dos hormônios, aumentar a resistência imunológica, equilibrar as funções orgânicas e promover a reparação celular.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Luiza Brunet posa seminua e atribui a boa forma ao pilates



Aos 47 anos, Luiza Brunet posou seminua e arrasando para a revista “Boa Forma”. A morena, que é vista quase todos os dias andando no calçadão de Ipanema, atribuiu o corpo perfeito também ao pilates. A ex-modelo diz que, além de definir a barriga, um dos principais alvos do pilates, outras áreas saíram ganhando (e muito).
“Notei resultado até nos braços” – afirma. “Eles, que sempre foram redondinhos, estão mais desenhados. Estou ficando com os braços dos meus sonhos!”
Ela pondera, entretanto, que não adianta esperar milagres:
“Nunca fui magérrima, tenho estrutura grande. Saber que jamais serei fininha já é meio caminho andado para atingir o meu objetivo e ficar satisfeita com a minha forma física. De resto, com disciplina, paciência e boa vontade, a gente chega lá. ”

Referência : http://oglobo.globo.com/cultura

terça-feira, 22 de setembro de 2009

EQUILÍBRIO NA VITTALISA

Agora sim Dra. Heloisa podemos dizer que você está em cima da bola....equilibrando. Um exercício de força e muita concentração.

Quem será a próxima ou o próximo a realizar o mesmo feito??

Fica ai o nosso desafio!!




Dra. Heloisa Barbosa Pudo equilibrando na bola de pilates;

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Aliados da boa postura

Referência: http://www.opovo.com.br/opovo/cienciaesaude/881234.html





Eles são os grandes aliados da postura correta. A Reeducação Postural Global (RPG) e o pilates são alguns dos mais modernos métodos de fisioterapia que trata a desarmonia do corpo. À primeira vista, a sessão pode se assemelhar a um regime de tortura por causa dos alongamentos ou equipamentos com muitas molas. Mas é só olhar com um pouco mais de atenção para perceber que não é bem assim.
A RPG, por exemplo, é indicado não só para quem sente dores, mas também para quem busca o equilíbrio. Afinal, a coluna vertebral é a maior responsável por manter nosso corpo em pé. São 33 vértebras (sete cervicais, 12 torácicas, cinco lombares, cinco sacrais e quatro no cóccix), uma sobre a outra, que necessitam de cuidados. O tratamento consiste em manipulações vertebrais e de membros, visando a liberação e o alongamento total de músculos, que com o passar do tempo ficaram encurtados e causaram os desvios posturais.

A RPG foi criada em 1980 pelo francês Philipe Souchard e ganhou repercussão mundial após mostrar que poderia ser eficaz no fortalecimento da estrutura óssea e dos músculos que sustentam a coluna. Atualmente, a técnica é ministrada para fisioterapeutas na França e em mais oito países, incluindo o Brasil. A RPG trabalha com posturas de alongamento, com finalidade terapêutica ou preventiva.

Já o pilates entra como prevenção, terapia e exercício. Além de fisioterapeutas, educadores físicos também estão capacitados a aplicar o pilates. Inclusive porque o criador, Joseph Pilates, tinha uma visão aprofundada de fitness. Por isso, o método é usado por pessoas que não têm patologia alguma e o praticam como forma de condicionamento físico. Diferente da RPG, que é voltado para o tratamento de patologias relacionadas com a coluna.

No pilates, a resistência é graduada por molas. Além de uma postura mais bonita, o abdômen ganha uma maior tonacidade. “Os movimentos estão diretamente relaciona nal”, acrescenta a fisioterapeuta Karla Meireles. São mais de 500 tipos de exercícios físicos baseados na crença de que a pessoa é uma unidade integrada do corpo com a mente.

A atriz Jaqueline Delabona, que interpretou Rhada, mãe protetora de Shivani (Thaila Ayala), em Caminho das Índias mostra sua beleza para a revista Boa Forma deste mês

Depois de sentir o gostinho do sucesso, em Caminho das Índias, a atriz Jaqueline Delabona, que interpretou Rhada, mãe protetora de Shivani (Thaila Ayala), mostra sua beleza para a revista Boa Forma deste mês. Aos 41 anos, ela revela que pilates e yoga são os segredos para manter o corpo após o nascimento de sua filha Natália, de três anos de idade.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

A prática de uma forma terapêutica pode ajudar a amenizar dores nas costas

A prática de uma forma terapêutica de ioga, enfatizando o alinhamento adequado do corpo, pode ajudar a amenizar dores nas costas, segundo novo estudo publicado na revista médica Spine. Avaliando 90 adultos com idades entre 18 e 70 anos e que apresentavam dores lombares, os pesquisadores observaram que o grupo que praticou ioga por 24 semanas teve melhores resultados em relação à dor e à mobilidade, além maior redução nos sintomas de depressão, comparados àqueles que fizeram tratamento convencional.
Os resultados não indicam que qualquer tipo de ioga pode ajudar contra as dores nas costas. No estudo foi utilizada uma ioga terapêutica chamada lyengar, que foi monitorada por um profissional certificado para esse tipo de abordagem contra lombalgias. Por isso, os autores recomendam que os interessados nesse tipo de terapia procurem profissionais com experiência em ajudar os pacientes a ajustar as posturas às suas necessidades.
De acordo com os especialistas há uma lógica na escolha das posições e sequências de ioga utilizadas no estudo. Devido ao fato de que todos os músculos que agem sobre a pélvis podem afetar a dor lombar, as aulas foram focadas nesses músculos, com posturas que “abriam” os quadris e alongavam a parte de trás das pernas. “Acreditamos que os pacientes com lombalgia precisam estar engajados na sua recuperação”, concluíram os autores.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Com quase 102 anos, Dona Canô é adepta do pilates

Referência: http://correio24horas.globo.com/noticias/noticia.asp?codigo=35431&mdl=50





Redação CORREIO
Prestes a completar 102 anos, no próximo 16 de setembro, Dona Canô mostra um dos segredos de sua vitalidade: não ficar parada, nunca! Mãe de Nicinha, Clara Maria, Maria Isabel, Rodrigo, Roberto, Caetano, Maria Bethânia e Irene, ela segue uma rotina de execícios físicos com o pilates três vezes por semana em casa.
“A médica aconselhou exercícios depois que ela sofreu uma queda. Mas agora está tudo bem, graças a Deus, e ela continua com o pilates”, contou a filha Maria Isabel, a Mabel.
Dona Canô se exercita três vezes por semana com a ajuda de uma médica que vai de Salvador até Santo Amaro da Purificação para orientá-la. Ela possui uma barra afixada em seu quarto e também faz alguns exercícios com uma bola própria para pilates.

Além da rotina de exercícios, Dona Canô está às voltas com a preparação da comemoração de seu centésimo segundo aniversário.
No dia 16, os festejos começam com uma missa na Igreja de Nossa Senhora da Purificação, às 10h. Depois, acontece o almoço com a presença de todos os filhos, netos e bisnetos na casa da matriarca, o famoso caruru de Dona Canô. A vizinhança também costuma passar pela casa dela para festejar, e a comemoração de intenção simples acaba virando festa da cidade.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

RPG no combate às gorduras localizadas

Referência: www.globo.com
Uma gordurinha aqui, outra acolá... Qual é a mulher que não sofre com essas gordurinhas localizadas? Pois saiba que uma postura correta pode ser um bom remédio pra isso.
O que é RPG? "Reeducação Postural Global. É um método da fisioterapia que busca corrigir as deformidades dos músculos e dos ossos", responde o fisioterapeuta Oldak de Barros.
Philippe Souchar criou a RPG na França em 1990. Dos oito mil fisioterapeutas de dez países que já se especializaram no seu método de reeducação da postura do corpo, quatro mil são brasileiros. 
No Brasil, a RPG ganhou um outro objetivo: estético. É que as brasileiras descobriram que arrumando a postura, elas podem se ver livre daquelas gordurinhas localizadas indesejáveis.
Vá pra frente do espelho e fique de perfil. Se você achar que precisa de uma plástica para aumentar o bumbum, ou diminuir a barriga ou ainda aumentar os seios, saiba que uma paciente de RPG, só arrumando a posição da coluna, conseguiu tudo isso de uma só vez!
"A gordura se localizou em algumas determinadas regiões, normalmente por pouco uso dessas regiões. Na medida que você ajusta as articulações e os músculos, você tende a aumentar o uso daquela região, fazendo com que essa gordura se espalhe", analisa Oldak.
Depois de um ano fazendo RPG, a administradora de empresas Fabiana Esper desistiu de fazer uma lipoaspiração na barriga. "Eu fiquei grávida duas vezes seguidas, minha barriga flácida e um pouco pra frente. Quando colocava uma roupa, ficava pouco elegante", conta Fabiana.
Os exercícios de RPG corrigiram a posição da bacia. O resultado foi aprovado.
Na rua, o fisioterapeuta mostrou como prejudicamos nossa postura no dia a dia. Carregar a bolsa, por exemplo, pode levantar mais um ombro do que o outro!

"Isso pode criar um desvio na coluna e um acúmulo de gordura localizada na lateral da cintura. A solução seria ter o peso na mão e não no ombro", avalia Oldak.
A mesma coisa acontece com quem apóia o corpo mais em uma perna do que na outra. Agora, é a barriga que vai pra frente.
No consultório, o fisioterapeuta mostra que, em certos casos, dá até pra levantar os seios com RPG!
"No momento que eu corrijo o ombro, trago ele para trás e abaixo, obrigatoriamente eu levanto o posicionamento do seio. Às vezes eles acham que modificando o posicionamento dos seios através de uma prótese seria o resultado, quando muitas vezes não. O problema está no posicionamento dos ombros".
E o bumbum?
"Com RPG eu posso recriar a posição do bumbum original. Isso em qualquer mulher que tenha uma retração desses músculos atrás das pernas. Normalmente quem tem bumbum caído é porque tem essa retração".
O criador da RPG faz questão de alertar: RPG é para corrigir postura e é eficaz na eliminação das gordurinhas só nos casos em que elas são causadas por problemas de postura: "Nós não criamos deformação. Estamos aqui para corrigir as deformações".

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Considerada a ginástica mais eficiente de todos os tempos

Considerada a ginástica mais eficiente de todos os tempos, o método Pilates é uma técnica de construção corporal que conquistou o mundo por garantir a seus adeptos um corpo definido, flexível e saudável.

Tudo começou com o alemão Joseph Humbertus Pilates, que por ser uma criança debilitada (raquitismo, asma, febre reumática), se interessou pelas práticas esportivas e pela anatomia, onde começou a desenvolver seus exercícios. Durante a 1ª Guerra Mundial Pilates foi exilado na Ilha de Man, dando continuidade aos seus exercícios, experimentou usar molas ligadas às camas hospitalares e constatou que as mesmas poderiam beneficiar na prevenção, condicionamento
e reabilitação dos pacientes. Foi como nasceu a técnica de Pilates. A finalidade do método é ensinar as pessoas com idade acima de 12 anos, sem limite para parar e qualquer nível de aptidão física, a entenderem melhor o corpo e usá-lo de maneira correia, proporcionando-lhes melhor rendimento e bem-estar em suas atividades diárias e profissionais. Mas para obter os benefícios do Pilates, o aluno deve ter disciplina e seguir rigorosamente o método.

Para transformar desequilíbrio em equilíbrio é fundamental usar a mente em favor do corpo. "O Pilates além de exercício físico é um exercício mental, necessitando um ambiente calmo que possibilite trabalhar concentração e respiração, que estão entre os princípios fundamentais", afirma a fisioterapeuta presidente da Associação Brasileira de Pilates (ABP), Solaine Perini.

BENEFÍCIOS - O método Pilates promove controle do movimento e melhora da postura, da respiração, da vitalidade física e consequentemente, melhor percepção de si mesmo por meio da orientação do professor. A incorporação do Pilates nos exercícios de solo, bola e aparelhos permitem ao aluno o alongamento, flexibilidade e força muscular utilizando-se de todos os grupos musculares e também mobilidade das articulações.

A seleção dos exercícios é realizada de acordo com as necessidades individuais de cada paciente, tanto nos movimentos básicos quanto nos intermediários ou avançados. Desde dores nas costas a
redução de celulite, estrias, medidas, tonificação muscular, reabsorção de hematomas, melhora na concentração, correção corporal, alongamento e flexibilidade, alívio de tensões e estresse. "Na décima sessão, o aluno nota a diferença em si, depois de 20 aulas, as pessoas observam as diferenças, depois da trigésima sessão a pessoa já está com outro corpo", diz Solaine citando Pilates.

Já se sabe que o método responde de forma adequada às necessidades das gestantes, enfatizando a estabilidade e o conforto através da posição deitada, com a finalidade de evitar o comprometimento postural, que ocorre devido a força da gravidade quando em pé, além de tornar o pós-parto mais tranquilo e rápido. É importante lembrar também que a gestante precisa de alguns cuidados mais específicos em relação a não-realização de exercícios e orientamos
que, após o terceiro mês o Pilates é indicado desde que não tenha intercorrências na gestação. Além disso, melhora o desempenho sexual no caso tanto de homens quanto mulheres, pois fortalece o músculo do assoalho pélvico - períneo.

Fonte: Jornal DIÁRIO DE CANOAS

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Bosu balance trainer - Acessórios que incrementam as aulas de pilates


Uma novidade nas aulas de pilates é a utilização do Bosu Balance Trainer. Este aparelho é uma meia bola que contém uma base estável. Seu principal objetivo é melhorar o equilíbrio e a estabilidade do aluno, aumentando o grau de complexibilidade dos exercícios propostos nas aulas. O Bosu pode ser usado suportando as pessoas sentadas, ajoelhadas e até mesmo pulando em cima do acessório.
A Vittalisa utiliza esse e outros acessórios que otimizam os benefícios do pilates, tais como:
Bosu balance trainer
Overball
Toning ball
Elástico
Foam roller

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Em defesa das terapias complementares

 

O clínico-geral americano Moshe Frenkel, 55 anos, que integra o time do MD Anderson Cancer Center, um dos mais renomados centros oncológicos do mundo, conta por que defende e pesquisa o uso desses métodos para apaziguar as dores provocadas por um tumor, tanto as físicas quanto as da alma

por Kátia Stringueto
design Letícia Raposo
ilustração Rubens LP

 Em junho passado, o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, trouxe dos Estados Unidos o médico Moshe Frenkel para uma palestra sobre câncer. Mas o assunto não teve o viés cartesiano que se espera ouvir de um cientista. Frenkel transita em outra zona, a que se passa entre a mente e o coração do paciente. Diretor do Programa de Medicina Integrativa do MD Anderson Cancer Center, reputado centro médico localizado em Houston, no Texas, esse clínico-geral que se especializou em cuidados paliativos oncológicos entende que é possível oferecer bem-estar a quem tem a doença mesmo na ausência de uma cura. E busca todos os métodos para isso. Não à toa, o MD Anderson se tornou expoente na combinação do que há de melhor no tratamento convencional do câncer com as técnicas que abrandam as dores e temores impossíveis de tratar com quimioterapia. 

Quando falamos em medicina integrativa, nos referimos a uma nova abordagem. São propostas de prevenção e de bem-estar que atendem às necessidades físicas, mentais e espirituais do paciente e envolvem o uso de ervas, acupuntura, massagem, ioga, meditação, gi gong [método oriental que mescla exercícios de postura e respiração] e outras técnicas de relaxamento. Nos Estados Unidos, isso é muito popular. A cada dois ou três meses, um dos principais jornais divulga uma notícia a respeito de um estudo que envolve essa corrente da medicina.

 veja matéria completa no site: http://saude.abril.com.br/edicoes/0314/bem_estar/conteudo_491594.shtml

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Pilates - O método e seus benefícios


Segundo a Dra. Heloisa Barbosa Pudo (crefito 61465-F), pilates é uma terapia de exercícios que busca reestruturar o corpo em nível neuromuscular.
Desse modo, o indivíduo estará melhorando a postura, o alongamento, a força, a coordenação motora, a flexibilidade, o equilíbrio e ainda, a definição muscular, que se dá a partir da musculatura profunda e depois atinge as camadas mais superficiais.
O método se baseia em seis princípios básicos: a concentração, a respiração, o alinhamento postural, o controle motor, a eficiência do movimento e a fluência, que é aquele movimento lento e tranqüilo.
O Pilates pode ser praticado por qualquer pessoa, inclusive gestantes e pessoas com problemas de coluna. “Hoje, os médicos já estão indicando essa terapia como reabilitação.
Com o Pilates, pode-se tratar males como hérnia de disco, lombalgia, escoliose, dentre outros”, conta a fisioterapeuta.
Heloisa lembra que o Pilates é um método que respeita os limites do aluno, portanto as pessoas de idade mais avançada podem praticá-lo sem maiores complicações.
Deixe a preguiça de lado e coloque esse corpo para trabalhar: você vai adorar o bem estar que o Pilates proporciona.
A clínica Vittalisa possui horários de aulas de pilates (individual, dupla ou grupo de 7 pessoas) de segunda a sexta das 7:00h às 22:00 e aos sábados no período da manhã.

Pilates fortalece musculatura na gravidez

 http://www.educacaofisica.com.br/noticias_mostrar.asp?id=7031

Grávidas podem fazer exercícios físicos específicos e moderadamente. É bom para a mãe, para o bebê e para a preparação do parto. Uma das modalidades recomendadas é o Pilates, já que as mudanças que ocorrem na gestação não são apenas hormonais e emocionais, são também posturais. À medida que avança, as alterações em músculos, articulações e coluna vertebral também progridem.

 "O método Pilates é um programa de exercícios que pode trazer conforto à gravidez e ao parto, com foco na estabilidade da musculatura postural e do assoalho pélvico e no fortalecimento e alongamento suave dos músculos", diz a ginecologista e obstetra Juliana Lima de Araújo. "Melhora a concentração, a força postural, o equilíbrio, a coordenação e a qualidade dos movimentos, sem sobrecarregar as articulações. Consequentemente auxiliará a prevenir as dores lombares, ombros caídos e tensão no pescoço", continua.

Porém, os trabalhos científicos sobre Pilates na gestação são, na sua maioria, realizados pela área da fisioterapia; sendo raros os estudos pela obstetrícia. Mas os benefícios da atividade na gravidez estão sendo cada vez mais estudados e reconhecidos.

Parto fortalecido

"Além do estrogênio e da progesterona, outro hormônio, chamado relaxina também se eleva na gravidez. A relaxina proporciona maior mobilidade aos ligamentos, permitindo a estabilidade das articulações", explica a médica. "As articulações que conectam os ossos da pelve tornam-se mais frouxas e alongadas, preparando-se para o parto. Contudo, a estabilidade articular é reduzida", conta Dra. Juliana.

O método Pilates incentiva o controle muscular postural, que compensa os ligamentos enfraquecidos, ajudando a evitar os problemas comuns nas articulações e a tensão lombar. As técnicas de respiração trabalhadas no Pilates também ajudam a relaxar e respirar com mais eficiência, induzindo a calma e reduzindo de forma eficaz os níveis do cortisol, que é o hormônio do estresse.

A diretora técnica do CGPA Pilates, Cristina Abrami, explica como o método pode ajudar a gestante: "Inúmeros estudos científicos comprovaram a importância da atividade física durante a gravidez. Mas, vale lembrar, que nem toda atividade é indicada. Neste período, a mulher requer atenção especial na elaboração de um plano de exercícios que fortaleça seu corpo, prevenindo dores decorrentes do progressivo ganho de peso e respeitando as limitações impostas pela gestação".

Assoalho pélvico

Entre os 500 exercícios do Pilates, cerca de 200 são indicados para a mulher gestante. Outro grupo de músculos importantes durante a gestação que é trabalhado pelo Pilates são os do assoalho pélvico. Esses agem como uma espécie de rede, passando do osso púbico na frente da pelve para o cóccix nas costas e saindo em cada lado do ísquio (ossos de sentar).

A uretra, a vagina e o ânus separam esta faixa de músculo semelhante a uma rede. Ao redor da uretra, da vagina e do ânus, existe um músculo em forma de "8" chamado pubococcígeo. Fortalecer este músculo é fundamental para prevenir possíveis problemas nos intestinos e bexiga.

Benefícios de um assoalho pélvico fortalecido:
:: Melhora a capacidade de estirar e relaxar com mais facilidade durante o parto;
:: Melhora a circulação para a região pélvica;
:: Promove a rápida recuperação e cicatrização, auxiliando na reconquista de boa qualidade muscular após o parto;
:: Previne a incontinência urinária por esforço;
:: Apóia os órgãos da pelve;
:: Previne o mau alinhamento das articulações do quadril e sacroilíacas (que formam uma interligação entre a parte posterior da pelve e os ossos do quadril);
:: Promove a estabilidade da musculatura postural.